Manifesto nazista de Hitler será reeditado

O manifesto da ideologia nazista de Adolf Hitler, “Main Kampf” (Minha Luta), de 1924, estará de volta às bibliotecas alemãs com nova edição comentada. O sinal verde para a publicação começou por grupos judaicos, incluindo os sobreviventes dos campos de concentração e de autoridades da Baviera, um dos 16 estados da Alemanha.

Em 2015, com os 70 anos da morte de Hitler, expiram os direitos autorais da obra e com isso foi decidido garantir uma reedição do livro, que ao contrario da suástica e a saudação nazista em público, não é proibido no país.

Próximo da data da expiração dos direitos autorais, o ministro das Finanças da Baviera, Markus Soeder, reconsiderou a questão da publicação da obra para, em suas palavras, não só “desmistificar o ‘Main Krampf” como “evitar que, uma vez liberados os direitos autorais, a obra possa tornar-se monopólio de extremista de direita, ou pior, a leitura preferida dos jovens alemães”.

O manifesto foi escrito enquanto Hitler servia nove meses de prisão pela tentativa de golpe em Munique, ele descreveu sua convicção da supremacia da raça ariana e revela os seus planos de expansão da Alemanha para o leste. Originalmente foi publicada em dois volumes, em 1025 e 1926, o livro foi impresso com uma tiragem de 10 milhões de cópias até 1945.

O presidente do Conselho Central dos Judeus na Alemanha, Dieter Graumann, afirma: “Eu prefiro que seja uma versão escrita por especialista, escolhidos pelo Estado da Baviera, ao invés de especuladores que querem ganhar dinheiro com os nazistas. Embora, obviamente, eu preferisse que o livro desaparecesse sob uma pilha de pó de desprezo, mas sei que isso não vai acontecer”.

Homossexuais fazem parte dos grupos que foram perseguidos pelos nazistas, a ideologia nazi sustentava que a homossexualidade era incompatível com o Nacional Socialismo, já que não permitia a reprodução necessária para perpetuar a raça superior. Estima-se que em 1928 existiam 1,2 milhão de homossexuais na Alemanha, entre 1933 e 1945, mais de 100 mil homens foram registrados pela polícia como homossexuais, eles faziam parta da chamada Lista Rosa.

Anúncios
Comments
One Response to “Manifesto nazista de Hitler será reeditado”
  1. You made some clear points there. I did a search on the topic and found most persons will go along with with your site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: