Tão Iguais Quanto o Reflexo do Céu no Mar

Por Marco Gomes.

Há alguns dias, uma conhecida minha me perguntou como era “o ciúmes no mundo gay”. A princípio, eu não entendi bem a pergunta, e ela me esclareceu: “Ah,  com vocês não rola aquela coisa de brigar por causa da roupa, tipo, essa calça tá apertada demais, ou esse decote está escandaloso, ou mesmo porque tanto perfume…”  Eu fiquei com aquela pergunta na cabeça e não respondi…

Outra situação que me levou a refletir, foi quando eu estava lendo uma matéria, na qual um cantor famoso internacionalmente declarou: “Se as pessoas são gays, o problema é delas. Cada um é livre para amar quem bem entender.” Sim, eu sei que o discurso era de apologia aos direitos homossexuais, e talvez alguns me critiquem pelo o que eu vou escrever, mas eu fiquei pensando… Problema?! É um problema ser gay?

Agora explicarei.

As duas situações que relatei estão diretamente ligadas à visão que algumas pessoas têm diante de uma sociedade homossexual. Talvez seja apenas uma visão limitada e falta de conhecimento semântico? Ou apenas um preconceito implícito no discurso? Eu também não sei responder, por isso proponho a reflexão.

Qual a visão que ainda resta na cabeça de algumas pessoas, do tal “mundo gay”? Eu tenho certeza que o comentário dessa tal conhecida minha não foi maldoso, mas quem disse que o nosso ciúmes é diferente? Será que parecemos ser tão diferentes assim? Eu acho que não!

Somos machistas, somos feministas, somos alternativos, e somos também seres humanos… Se me permitem citar, uma vez mais, o meu querido Renato Russo, ele pode explicar tudo isso, de uma vez, de uma forma bem clara e objetiva… Durante um show, em meados de 1990, ele declarou: “Eu não me envergonho de cagar, eu não me envergonho de mijar, porque eu não me incomodo de comer, não tenho problema em dormir e também não tenho medo de sonhar! Eu não tenho vergonha do que eu faço no banheiro minha gente, ok?!”

É basicamente isso. Por incrível que pareça, somos tão humanos quanto você. E acredito mais, somos tão humanos quanto a qualquer um de nós. Impressionante, não?!

 

Anúncios
Comments
2 Responses to “Tão Iguais Quanto o Reflexo do Céu no Mar”
  1. Hello. impressive job. I did not imagine this. This is a remarkable story. Thanks!

  2. Afonsina disse:

    thanks for the article…very nice and interesting keep posting more…http://www.jogosdaicarly.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: