Não seria exposição demais?

Por Marco Gomes.

Essa semana eu estava lendo uma matéria que mencionava que determinado personagem de determinada série de quadrinhos ia sair do armário. Até aí, ok, mais uma novidade sem graça nenhuma. No entanto, um comentário sobre a matéria foi o que mais me chamou a atenção… O outro leitor terminou o comentário dele com a seguinte frase: “A opressão só traz explosão”. E aquele comentário ficou na minha cabeça por algum tempo… Uma vez mais, me vi pensando nessa questão que envolve o preconceito, a liberdade de expressão, a homossexualidade em si… Cá entre nós, definitivamente, essa é uma faca de muitos gumes.

Uma coisa é… Devemos levantar a bandeira para defender os direitos – e deveres – de cidadãos gays. Defender o direito de ir e vir; declarar nosso imposto de renda; casar… Viver como qualquer outra pessoa. Temos esse direito e às vezes não consigo entender porque este assunto tem que estar em pauta, uma vez que também somos seres humanos e temos os mesmos sentimentos que qualquer heterossexual… Mas divago…

O que eu queria entender é se é certo toda essa exposição. É claro, se não brigarmos por aquilo que nos diz respeito, é capaz de sermos sucumbidos por essa onda homofóbica. Mas será que também não é a nossa luta, reflexo dessa exposição exaustiva na mídia?

Voltando a falar sobre a matéria que li, o texto mencionava que determinado grupo conservador deixou determinada rede social por causa de comentários sobre o determinado personagem que estava saindo do armário. Sim, o grupo conservador defendia que o tal personagem seria uma má influência para crianças. Homofobia, grande novidade.

O grupo, entretanto, não ficou atacando o tempo inteiro. Simplesmente, se retirou da rede social. Descriminou, mas se calou. Ninguém é obrigado a aceitar a discriminação, mas o que fazer, se o conservadorismo ainda alcança grandes nichos da sociedade? Eu sei que posso parecer contraditório, mas antes que venham me criticar, eu disse, no início deste relato, que isso seria uma faca –  não de dois, mas de vários gumes.

Resumidamente… Os gays, não estariam levantando demais a bandeira? Ao contrário do que disse o outro leitor da matéria sobre o personagem gay, não seria a explosão que traz a opressão?

PS: Recuso-me a opinar sobre a questão, vou deixar essa bomba com vocês.

Anúncios
Comments
2 Responses to “Não seria exposição demais?”
  1. Lino disse:

    Eu ‘super dou apoio’ à decisão da DC de tirar o Alan Scott (Lanterna Verde) do armário. Até porque ele é um super herói terráqueo – e gatinho!!!
    Pior seria se a galera resolvesse transformar o Caçador de Marte – ou Caçador Marciano – (Martian Manhunter no original) em super herói gay! Já pensou? J’onn J’onzz é um nativo de Ma’aleca’andra (Marte!!!!!!) e o pior de tudo: J’onn J’onzz é VERDE!!! ¬¬

  2. I definitely wanted to develop a simple note in order to appreciate you for all of the wonderful information you are placing at this website. My prolonged internet investigation has at the end of the day been rewarded with wonderful suggestions to write about with my partners. I ‘d mention that we website visitors actually are very much endowed to dwell in a fabulous community with very many perfect professionals with interesting plans. I feel somewhat privileged to have used the webpages and look forward to plenty of more awesome times reading here. Thanks once again for all the details.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: